Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

#shortpost Atualizando um post antigo, da época em que eu era colaboradora na comunidade Minube, https://viajantes.minube.com.br/os-caminhantes-ogrotur trago aqui nossa sorveteria preferida… nada de marca, de sorvete importado e ter que escolher entre os preços exorbitantes praticados em qualquer shopping de São Paulo, gostamos é mesmo dos sorvetes da Cristal. Frequentamos há aproximadamente 14~15 anos, Read More

#crônicas Já falei aqui  e aqui  mas para diminuir a onda consumista, a aquisição de vestuário em brechós é uma ótima pedida. Além da economia, é um grande incentivo para a mudança de visual, adotar um novo estilo e brincar com variações e combinações. Muito do preconceito antigo ainda perdura, mas o conceito do, Read More

#shortpost Numa caminhada despretensiosa pelo bairro almoçamos aqui. Na verdade já tinha chamado nossa atenção porque é caminho de volta para casa e já falamos outras vezes que quando escolhemos sair para comer fora é para experimentar comidas diferentes. Pizza, churrasco e feijoada não fazem a gente sair de casa especialmente para isso.

#shortpost   Essa lojinha de esquina nos chamou a atenção e numa de nossas andadas pelo bairro passei para dar uma olhadinha melhor. A primeira coisa que chamou a atenção foi aquela decoração antiguinha, em tijolo aparente, as mesas bistrô e a  madeira antiga.

Já contei que somos ratos de biblioteca e  sempre frequentávamos a mesma por ser caminho e ser um amor de longa data com a gente, aqui, mas procurando um livro específico para o vestibular e não encontrar na nossa costumeira biblioteca, fomos direcionados para essa nova surpresa.

Conhecemos este clube, com uma coleguinha da Júlia na época da natação, coisa de 11 anos atrás. Na época, ela e as colegas estavam matriculadas nas aulas de tênis. Ela adorava e depois da aula, ainda ganhava um suquinho de caixinha e um pacotinho de biscoito.

  Continuando a série de postagens da Lapa, hoje voltando do trabalho nos deparamos com o autor dos grafites que estão colorindo e dando vida ao bairro. Reconhecemos pelo traçado e pelo colorido e decidi parar para conversar com o artista.

       Às vezes, acho que somos esquisitos aqui em casa… ao mesmo tempo que vivemos completamente em tempo digital, cada um com seu computador, tablet, smartphones, smartTVs, assinatura do Netflix, aulas on line, também somos em contraste do tempo de antigamente, como dizem as crianças.