Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

50+Envelhecer é bom??????

A vida começa aos 40…

Será mesmo??

Já entrei na fase dos …enta… aquela que você entra e não sai mais (credo!!! piadinha infame e de mal gosto).

Já contei aqui https://oscaminhantes.com/2017/12/20-coisas-que-eu-aprendi-nos-meus-50-anos.html e quer saber???

(Outros artigos sobre a fatídica frase considerada verdadeira lá em cima:)

https://super.abril.com.br/blog/cienciamaluca/a-vida-comeca-aos-quarenta-8230-e-seis/

http://revistaepoca.globo.com/Sociedade/eliane-brum/noticia/2012/03/nao-vida-nao-comeca-aos-40.html

Tirando a franca decadência do corpo, como digo para uma amiga de quase a mesma idade, agora é ladeira abaixo, o resto é inversamente proporcional. 

A mente fica mais rápida e ágil. Fruto inclusive da seleção natural que fazemos. 

Sabemos (por mais drástico que possa parecer) que já passamos nas melhores perspectivas da primeira metade das nossas vidas.

Já cumprimos, ou se não cumprimos, todas as exigências da vida que a sociedade e a família nos impôs. Mas principalmente, nó mesmas.

Já deu tempo de trabalhar, de casar e descasar, de ter filhos ou escolher não ter.

Já temos a liberdade (ouça a delícia do que a Miriam Goldenberg fala https://www.youtube.com/watch?v=CRos__CXTUo, a Invenção de uma Bela Velhice) de escolher o que queremos fazer. E principalmente do que não queremos. 

E concretizar o que planejamos desde sempre. Ainda que a gente não soubesse disso.

Jogar fora gente chata. Do Facebook e da vida real. E vai no balaio tudo junto… família, amigos, vizinhos….

Nós, que nascemos no milênio passado fomos ensinadas que a vida se resumiria em se formar para trabalhar e ganhar dinheiro, criar e sustentar família e depois dos 50 anos mais ou menos, era hora de se aposentar. Como eu ouvi em um novo vício, os podcasts do CBN Professional (episódio 84 https://open.spotify.com/episode/2Qd1qQzOXRdOiq9owyEhUW?si=Tks2IyQMR82QHMeB05X8iA) é chegada a hora em que a pessoa deve se retirar e ir para o seu aposento e começar o processo de invisibilidade. 

Sim… o velho é invisível para a sociedade. 

O Ogro não conta nem por reza brava qual a idade dele no trabalho. Porque ele já percebeu que a molecada com a qual ele trabalha já comentaram que alguém com mais de 50 anos é velho, caquético, só quer encontrar um barranco para morrer encostado, e mais ditos populares preconceituosos como esse….

Ainda mais na área dele, que é da Tecnologia da Informação. 

O arquétipo da modernidade e da inovação. É um acinte para um velho compartilhar o mesmo espaço da juventude. 

Existem já várias iniciativas, canais, livros, lojas, agências  programas específicos para esta população que está envelhecendo e mudando o perfil e demanda de consumo, que é a população idosa, crescente no Brasil. 

Por aqui, estamos reestruturando a vida.

A filha já saiu de casa (cedo demais para nosso gosto), mas sabemos que é um caminho sem volta. Dificilmente ela volta…

Estamos procurando um imóvel menor, que não nos demande tanto esforço para limpar e principalmente subir as famigeradas escadas. 

 Estamos investindo cada vez mais nos nossos lado B. Imprescindível dizer isso. Ter planos juntos é importante, mas ter metas e objetivos pessoais é vital. 

Nos faz movimentar, buscar novos caminhos e bater cabeça para aprender. 

Ah!!! Mas estou velho demais para começar algo novo.

CUIDADO!!! Esse tipo de afirmação te cega e paralisa. Você é exatamente o que você espera e constrói para você. 

Comecei o blog há 10 anos. Já falei isso mas vou repetir. 

Uma farmacêutica tentando entender o mundo blog. Foi um nó nos miolos (é até hoje, a bem da verdade, essa parte técnica). Mas agora, quero fazer mais cursos para me especializar e montar blogs para outras pessoas. 

Nunca é tarde para começar…

Envelhecer é um privilégio!!!!!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *