Trilha da Cruz de Pedra-Serra da Leoa

Viagem feita em fevereiro de 2018

Neste segundo dia do nosso roteiro  no Vale Europeu em Santa Catarina, o passeio programado era a Trilha da Cruz de Pedra, na Serra da Leoa, agendado diretamente com o pessoal da Nona Rosina,  onde estávamos hospedados.

Confira aqui a descrição do que esperar por lá, pelas palavras da proprietária:

Com mais de 900 metros de altitude e 1800 hectares, a Serra da Leoa é uma Reserva
Ecológica Privada, localizada na cidade de Ascurra em Santa Catarina. É repleta de cachoeiras, riachos e belezas naturais. Um local perfeito para a prática de esportes como cicloturismo, caminhadas e ciclismo de montanha nas suas diversas opções de trilhas ecológicas. É possível também praticar voo livre na rampa de asa-delta (quadrante leste) onde está o Mirante Pedra da Leoa com vista panorâmica incrível do Vale Europeu!
Na Serra da Leoa localiza-se a famosa Cruz de Pedra, uma fratura geológica (canyon) em formato de cruz, gerada a partir da movimentação das placas tectônicas na era da Gondwana, há milhões de anos atrás. Para caminhar dentro da Cruz de Pedra é preciso se aventurar em uma trilha de 4 km, com nível difícil, em meio à Mata Atlântica”

Saímos da pousada cedo, mais ou menos 07:30, porque a  caminhada é bem pesada e a subida para a Serra já foi uma aventura. O carro agendado (uma van Topic) que nos levou simplesmente empacou no meio do caminho, por causa da estrada enlameada das chuvas dos dias anteriores.

Desce a Andreia Posssamai, (da Nona Rosina) do seu Hilux 4×4 já antigo, mas potente,  com um -”Vamos descer todo mundo daí gente!! Sobe neste carro!!”. E ela subiu num arranque com a gente sacolejando na carroceria aberta do carro ainda em adaptação para este fim, driblando a lama, valente.  Comentário geral nosso: -”Que mulher!!!”

Fizemos uma parada no casarão (com fotos antigas da família, em vários momentos e objetos antigos) para a distribuição dos lanches de trilha, água e encontrar com os nossos guias.

A caminhada começa tranquila, passando por um riacho que corta a propriedade lá embaixo. Vamos caminhando primeiro por uma estrada, para depois pegar a trilha.Começou a chover logo no começo da caminhada.  

Riacho correndo em primeiro plano. Ao fundo floresta com árvores altas. 7 pessoas em fila indiana, atravessam uma estreita ponte de madeira sobre o riacho.

O começo da trilha para a Cruz de Pedra, na Serra da Leoa- Ascurra- SC- Vale Europeu

No começo da trilha, cerca de 2 horas de trilha,  os guias sinalizam um desvio para as cachoeiras e avisa que deste ponto em diante a subida começaria, pesada. E como estávamos num ritmo mais lento, quem quisesse poderia ficar por lá. Acabamos todos seguindo. Subida pesada mesmo, sem trégua. Muito escorregadia, com lama, pedras soltas e com cordas em alguns trechos. Se você encontra corda em trilha, cuidado, o negócio não é fácil.

Be prepared.

Meu sobrinho passou mal na subida e um dos guias e os pais voltaram para a cachoeira.

Caminhada pesada, por causa do solo molhado mas também caminhando (subidas e descidas) pela crista da montanha.

Percebemos que havíamos chegado à parte alta porque a chuva havia cessado e os raios de sol conseguiam passar e formar cortinas de luzes no que antes percebíamos só como mata fechada. Começamos a trilha às 10 horas e chegamos por volta das 13h30, ou seja, 3h30 de trilha, 1h30 a mais do previsto.

Grande rocha à esquerda, escura em contraste com a luz solar incidindo com um feixe de luz por trás desta

Cortina de luzes na chegada ao topo da Serra da Leoa.

Chegamos então aos paredões de pedra, cobertos de líquens e musgos. Os paredões são estreitos (não tenho muito a noção de espaço) mas nas partes mais estreitas devem ter cerca de 3 metros e uns 10 metros ou mais) de altura e quase 300 metros de comprimento.

Paredão de pedra em ambos os lados, cerca de 10 metros de altura. Quatro pessoas no meio dos paredões. Facho de luz incidindo sobre as pessoas.

Trilha da Cruz de Pedra-Serra da Leoa- Ascurra- SC- Vale Europeu

 

Imaginem a visão: a chuva havia cessado. Nós entramos neste corredor estreito, com cortinas de luzes, fazendo a vegetação brilhar em alguns pontos. No chão, pedras e galhos ainda molhados pela chuva, formavam em pequenos lugares um veio dágua. Molhados, cansados mas extasiados com a visão fomos seguindo em frente. Impossível não remeter ao clichê de “paraíso jurássico perdido”.

Paredão de pedra de cerca de 10 metros de altura, coberto com líquens e musgo. Facho de luz clara, no meio do paredão. No chão, galhos e pedras cobrem a trilha.

Trilha da Cruz de Pedra- Ascurra- SC- Vale Europeu

No meio da fenda, o vão, que vai seguindo em frente encontra outra, formando uma encruzilhada, mas com vegetação mais alta, talvez por não ter sido limpa e não entramos caminhando por lá.

⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸⇸

   Planeje sua viagem com a gente

   -Reserve sua hospedagem no Booking  

   -Reserve seu seguro viagem na Seguros Promo 

   -Alugue seu carro com a Rental Cars

⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷⇷

Seguimos mais para frente e no final da trilha, uma clareira de uns 7 metros de largura. A chuva havia formado uma pequena cachoeira, onde nos banhamos comemorando a subida, tirando o cansaço e a visão deste tipo de formação, inédita para nós.

Pequena queda d'água, caindo sobre rocha grande,com luz incidindo sobre esta

Pequena queda d’água que se formou por causa da chuva que caía na Trilha da Cruz de Pedra, na Serra da Leoa, em Ascurra- SC- Vale Europeu

 

Logo em seguida o tempo mudou completamente. Uma neblina tomou conta, impossibilitando tirar mais fotos e dando um ar mais misterioso ainda ao lugar.

Paisagem enevoada, com neblina forte. Silhuetas de vegetações e rochas em ambos os lados.

A névoa que se formou durante a nossa visita à Trilha da Cruz de Pedra, na Serra da Leoa, em Ascurra-SC- Vale Europeu

Comemos nosso lanche de trilha, descansamos um pouco e fizemos a volta debaixo de uma chuva torrencial. A trilha que já era difícil, ficou pior. Vários tombos e escorregões depois, descemos à base, desta vez nas 2 hs previstas, onde a Andreia já nos esperava com o carro na estrada, para nosso resgate.

De volta à cidade, pedimos pizza e comemos na Pousada.

Para quando você for

Início

Casarão da Reserva Ecológica Serra da Leoa

Distância

10 km

Tempo Estimado

4 horas de trilha

Tipo de Trilha

Estrada no começo, trilha em mata fechada e subidas íngremes

Comidas e Bebidas

O passeio inclui lanche de trilha

Sanitários

No casarão, para o começo da trilha e o clássico matinho no meio da trilha.

Para reserva

https://www.facebook.com/events/2020216238037505/

Telefone

( 47) 99911-1952.

Descrição da proprietária

Atende grupos a partir de 4 pessoas, necessário apenas reservar com antecedência.

TREKKING CRUZ DE PEDRA

Caminhada de 10 km

DESCRIÇÃO

  • Horário: 8hs
  • Local: Pousada Nona Rosina – Avenida Brasília, 525 – Centro – Ascurra.
  • Retorno aproximado: 18hs.
  • 10 km de caminhada (5 km ida e 5 km volta). Percurso de Mata. Nível difícil com travessia de 4 ribeirões e uma subida forte, sendo necessário o uso de um corrimão de cordas.
  • 30 km (15 km ida e 15 km volta) de subidas e descidas íngremes em estrada de terra feita com Transporte 4×4 até o início da trilha.

INCLUI

  • Taxa de Preservação Serra da Leoa.
  • Condutor na trilha.
  • Transporte 4X4.
  • Visita à Cruz de Pedra.
  • Visita às Cachoeiras da Fafá (Própria para banho).
  • Visita à Cachoeira Cristal (Própria para banho).
  • Visita ao Casarão Sede da Serra da Leoa com estrutura de banheiros e chuveiros.
  • Visita ao Mirante Pedra da Leoa com vista panorâmica do Vale Europeu.
  • Seguro de Acidentes Pessoais.
  • Lanche de trilha.
  • Água.
  • Frutas.
  • Lanche no Casarão Sede da Reserva após a trilha.

IMPORTANTE

Somente com reserva.

No dia da trilha use calça e camiseta de manga comprida e de tecidos leves, bota de borracha ou tênis à prova d’água.

Traga mochila pequena para o lanche de trilha e água, e também uma muda de roupa e calçado extra, casaquinho e calça comprida no caso de frio, repelente, protetor solar e capa de chuva. A roupa e o calçado extra ficarão no casarão sede para trocar na volta da trilha.

Não esqueça do RG e CPF ou CNH.

Antes da saída será preciso preencher o termo de conscientização de risco e fazer o seguro de acidentes pessoais. Procure a recepção da pousada assim que chegar.

Temos botas de borracha para emprestar, números limitados, reserve a sua. Caso opte pela bota de borracha use calça comprida e meias altas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *