Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Pen Y Fan- País de Gales

Viagem feita em Julho 2015

O Pen Y Fan é o ponto mais alto do Brecon Beacons National Park . Por ser o ponto mais alto, imaginamos que seria a caminhada mais dura, mas lemos algumas coisas que nos tranquilizaram para escolher fazer a subida: ter vistas incríveis, um memorial (conto um pouquinho mais para frente) e trilhas bem demarcadas por todo o caminho.

Sobre o memorial- Tommy Jones obelisk-

Tommy Jones era um menino de 5 anos de idade, filho de um velho mineiro local.  Em Agosto de 1900, ele visitava a área com seu pai para ver o avô, que vivia numa fazenda abaixo dos picos.

Eles caminharam da velha estação de trem em Brecon e pararam para descansar num acampamento do exército local, onde encontraram o avô e também o primo de 13 anos de idade. Pai e avô desfrutavam da companhia dos soldados, então decidiram ficar no acampamento por mais um tempo. Eles enviam os dois meninos à frente para contar à avó da iminente chegada. Estava ficando tarde e quando começou a ficar escuro, Tommy ficou com medo e decidiu retornar para encontrar o pai. O primo continuou até a fazenda, conforme combinado.

Tommy entretanto, nunca retornou até o acampamento.

Uma grande procura teve início, com a ajuda inclusive do exército, com matéria no jornal diário e com recompensa para alguma informação.

Semanas se passaram sem nenhum sinal do menino e então, uma mulher da localidade sonhou com o menino. Levando o marido diretamente para uma colina, onde nunca estivera antes, descobriram o corpo do garoto.

Ele faleceu de exaustão e exposto às intempéries do local. Um obelisco foi erguido perto do local onde o corpo do garoto foi encontrado.

Rio com pedras correndo num terreno íngreme. Vegetação verde clara dos dois lados. Do lado esquerdo, floresta de pinheiros. Tempo chuvoso e com neblina

Início da trilha no Pen Y Fan, em Brecon Beacons National Park

Saímos cedo de Gilwern, às 7h45 sem café para o Pen Y Fan, pois sabíamos que a jornada seria longa. Na primeira tentativa, saímos muito tarde e não houve tempo suficiente para chegar ao famoso lugar, então utilizamos o dia para conhecer somente a cidade de Brecon

Chegamos em Abergavenny para pegar o ônibus X43 para Brecon às 8h50. Chegamos em Brecon mais ou menos às 10 horas. Estou colocando estes horários só para você ter ideia da demora nos translados. Como um carro (ou conseguir dirigir na mão direita fez falta nesta viagem).

Primeiro fomos tomar café dentro do  Morrisons Supermarket, (conforme minha amiga que mora um Londres, uma das nossas piores escolhas), pois o ôniubs que deveríamos pegar, o T4, para Cardiff sairia só às 12h00.

Todas estas informações sobre translados e ônibus nos foram dadas pelo excelente Centro de Informações ao Turista de Brecon (que tá lá relatado no post sobre Brecon).

Às 12h40 desembarcávamos em Storey Arms, onde começa a subida para o Pen Y Fan. Chuva e frio, mas começamos a caminhar.

Muita subida, lama e vento, pois chovia o tempo todo, mas nós continuamos a subir.

Pessoa segurando dois bastões subindo terreno íngreme sob chuva. Solo molhado, com barro e pedras no caminho. Nas laterais, vegetação rasteira. Paisagem com neblina predominante.

No comecinho da subida ao Pen Y Fan, Brecon Beacons National Park

Enquanto subíamos, já encontrávamos os gringos descendo. (Adendo 1) Ai… como eu tenho raiva/inveja desses gringos que caminham. Eles não parecem sentir frio/cansaço e as pernas deles parecem ter 2,0 metros de altura. Cada passada deles devem dar umas 5 nossas…

Trilha íngreme com vegetação rasteira dos dois lados, molhada. Neblina ao redor

Olha a aridez da subida e o tempo fechado. Pen Y Fan- Brecon Beacons National Park

Quando, no meio da chuva o João comentou sobre as pequenas ovelhas brancas no caminho, na lateral da trilha e ao chegar perto percebemos que eram pedras pintadas de branco, decidimos que não valeria o sacrifício para chegar  ao tão sonhado lugar.

Paisagem verde. No plano inicial vegetação rasteira. Ao fundo, montanhas não muito altas. Nuvens e neblina cobrem estas montanhas. Entre estes dois planos, pequenas figuras brancas, animais pastando.

Estas ao longe são sim, ovelhas!!! Pen Y Fan. Brecon Beacons National Park

Se não conseguiríamos ver o tão belo espetáculo do visual por cima do pico, só um monte de neblina e chuva o sacrifício teria sido em vão.

E confesso também que os três lembraram da triste história de Tommy Jones, internamente.

Duas figuras caminham sob a chuva, saindo de uma trilha estreita, encontrando uma mais larga. Á frente, à esquerda, uma parede de pedras com aparência antiga e mais à frente, um portão grande de madeira.

Nós, já na saída do Pen Y Fan, depois da fracassada subida. Brecon Beacons National Park

Descemos o que havíamos subido e pegamos o ônibus de volta por volta das 14h30.

Chegamos em Brecon, andamos um pouco ainda, comemos nossos sanduíches e voltamos para Abergavenny.

Demoramos para chegar, por causa de um acidente na estrada.

(Adendo 2). O motorista, mais do que um profissional, uma pessoa que além de pensar em prestar o melhor serviço, pensa nos que estão com ele, levou nesta viagem, desviando da sua rota, as pessoas que estavam atrasadas até a porta da estação de trem, para que não perdessem a hora para o próximo trem. Isso sim, é coisa de gente e país civilizado. Uma coisa é consequência da outra, como podemos perceber nessas escapadas fora do país.

Chegamos em Abergavenny por volta das 18h00 e como o próximo ônibus (e último) era só às 19h30, resolvemos jantar em Abergavenny mesmo, num pub chamado Hen & Chickens

Pegamos o ônibus das 19h30 e esta foi a nossa última noite no País de Gales onde rumaríamos no dia seguinte para Londres no dia seguinte.

Pois é… nem sempre as coisas acontecem como planejamos… mas já aprendemos ao longo desse tempo todo de caminhada que devemos respeitar as condições da Natureza. Quando não respeitamos, normalmente sofremos as consequências depois. 

Mais um motivo para voltar para essas terras e começar a viagem justamente por aqui. 

Para quando você for

Início

Storey Arms

Distância

8 km

Tempo estimado

(a passos gringos)

8 km

Tipo de trilha

A trilha é feita sobre caminhos de pedriscos, pedras maiores, subidas íngremes e em algumas partes pelas cristas da montanha.

Transporte Público

Ônibus entre Brecon e Merthyr Tydfill. Durante o verão existem ônibus adicionais de Brecon. Se certifique no Centro de Informações ao Turista da cidade.

Comidas e bebidas

Frequentemente existe uma van que vende snacks no estacionamento. Mas leve um lanche e água por precaução.

Sanitários

Há sanitário público na área do estacionamento

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *