Parque da Cidade-Jundiaí

Atualizado em Agosto de 2021

#shortpost

O Parque da Cidade sempre faz parte do combo passeio + comida, quando “precisamos” sair um pouco da cidade e dar uma aliviada do stress de São Paulo, sem ter que vender um rim para fazer isso.

Conhecemos o lugar há mais de 10 anos, quando amigos moradores da cidade nos apresentaram.

Por que escolhemos vir para cá sempre?

O parque é público, logo, passeio free…

Perto de casa, cerca de 45 km, em menos de uma hora estamos lá. E tem os atrativos do lugar:

O Parque da Cidade tem aproximadamente 500 mil metros e além da amplidão, de ser bem cuidado, tem mais um atrativo, que está localizado no entorno da represa que abastece a cidade, tendo sido construído para evitar a ocupação irregular no seu entorno.

As pistas de caminhada no Parque da Cidade, em Jundiaí

O que fazer no Parque da Cidade

-Pistas para caminhada e ciclovia: são os nossos principais atrativos. Elas ficam uma ao lado da outra, os percursos são demarcados e sinalizados. O percurso completo dentro do Parque fazem 2.760 m.

A gente não sabia, mas nos informaram que o Jardim Botânico é bem perto, e dá uma bela caminhada entre os dois atrativos, 4.300 m.

-Academias ao ar livre: espalhadas no parque para quem gosta de se exercitar;

O Jardim Japonês, no Parque da Cidade, em Jundiaí

 

Mais atividades-retirando do site
“-Jardim Japonês: Possui paisagismo fiel aos padrões de jardins do Japão. São três portais de acesso, um Torii (portão tradicional que representa a entrada ou a proximidade a um santuário), cachoeiras, lagos, cursos d’água, pontes, quiosque e bebedouros.

-Pista de aeromodelismo: A pista é pavimentada, com hangar coberto. Para usar é preciso estar cadastrado junto à Cobra (Confederação Brasileira de Aeromodelismo). É necessário também fazer um cadastro na administração do Parque da Cidade, apresentando CPF, RG e BRA.

Pista de automobilismo, no Parque da Cidade, em Jundiaí

Academias ao ar livre, no Parque da Cidade, em Jundiaí

A represa, no Parque da Cidade, em Jundiaí


-Pistas de automodelismo: São duas pistas

.Circuito off road: pista circular com obstáculos em solo natural. Para utilizar é necessário o equipamento próprio.
.Circuito on road: pista circular pavimentada que simula o circuito de corrida. Para utilizar é necessário o equipamento próprio.
Playground: São dois grandes, ao lado da lanchonete e próximo às quadras, construídos com madeira de reflorestamento e de demolição. Ficam dispostos sobre areia e gramado.

Quadras esportivas: O Parque possui cinco quadras oficiais: duas poliesportivas, duas de vôlei de areia e uma de futebol de areia. Funcionam diariamente, com acesso livre.
Obs: Os espaços fechados (Centro Náutico, Pistas On/Off Road e Aeromodelismo) passam por manutenção toda segunda-feira e funcionam normalmente de terça a domingo, inclusive em feriados.”

Os sanitários do Parque da Cidade, em Jundiaí

Os sanitários, bem cuidados, no Parque da Cidade, em Jundiaí

O parque é policiado, bem arborizado, têm sanitários bem cuidados e bebedouros espalhados, a infra estrutura é bem legal para passar tranquilamente o dia.

Têm também duas lanchonetes, mas a gente nunca frequentou, porque como eu disse, depois vem a parte do almoço, então optamos pelos restaurantes da região.

Quiosque no Jardim Japonês, do Parque da Cidade, em Jundiaí

          Uma opção ainda é levar a sua cesta de pic nic e aproveitar a área verde e arborizada.

O que não é permitido no Parque

Não é permitido o uso de bexigas, churrasqueiras, som alto e o consumo de bebida alcoólica em todo o espaço, principalmente nos quiosques. Também estão proibidas a utilização de fogareiros ou panelas elétricas e manifestações religiosas, além disso, a administração orienta para os usuários não alimentarem os saguis que vivem no Parque.
Não é permitida a entrada de animais de qualquer porte.

Uma das entradas do Jardim Japonês, no Parque da Cidade- Jundiaí

Atualizações:

São ofertados agora dois atrativos no Parque:

-Aluguel de bicicletas (PEAMA) Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas 

Já experimentamos duas vezes.

Você paga R$ 6,00 por hora.

Óbvio que as bicicletas são bem simples, têm um ajuste bem básico só para a altura do banco. E só. Mas para uma hora de diversão é bem razoável. 

O aluguel funciona aos sábados, domingos e feriados, das 9 às 15 horas (horário do último aluguel). Para alugar as bicicletas comuns, o valor é de R$ 6, enquanto as duplas saem por R$ 12 a hora. O pagamento deve ser priorizado no cartão de débito. Nós sempre pagamos com pix. 

-Aluguel de caiaques

Aos finais de semana, passeios de caiaque voltaram a ser realizados. O serviço passou a ser oferecido desde 12/06/21. 

A ONG Velas do Japi retomou os passeios desde essa data.  O programa, chamado “Conheça o Parque por suas águas”, vai funcionar apenas aos finais de semana, seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19. Neste momento, o Parque abre das 7 às 17 horas, com entrada até as 16 horas e limite de 40% do público. 

Os passeios têm duração de 40 minutos e custam R$ 25,00 por pessoa. O valor (que pode ser pago via cartão de débito ou pix) inclui alongamento, instrução, acompanhamento de guarda vida, equipamento e colete salva vidas. São seis horários de saída: de manhã, às 9h15, 10h15 e 11h15 e, à tarde, às 13h15, 14h15 e 15h15.

Troncos entrelaçados de árvores, cercado por cerca de madeira. Deque de madeira e banco feito de pallet de madeira

Deque na área do aluguel de caiaques-Parque da Cidade Jundiaí

Nós visitamos o local (que fica bem pertinho do aluguel de bicicletas) e pedimos informações.

Infelizmente não consigo lembrar o nome do simpático moço. 

Mas ele explicou que o agendamento deve ser feito previamente, e das opções de passeio pela represa. Podem ser visitados algumas áreas, inclusive uma ilha isolada dentro da represa. Ou atravessar de caiaque até o outro lado. Pelo tempo disponível, só é possível fazer um passeio ou outro. 

Nós ficamos bem interessados no passeio e assim que fizermos, atualizamos por aqui para contar como foi. 

Para fazer o agendamento: 

Páginas: 

https://www.facebook.com/velasdojapi/

https://www.instagram.com/velasdojapi/

Whats app

(11) 99915-7971

Site

https://parquedacidade.jundiai.sp.gov.br/

Como chegar

Endereço
Rodovia João Cereser, km 66, Pinheirinho, Jundiaí

Transporte público
Linha 578 (Terminal Hortolândia – Jundiaí-Mirim)

Estacionamento
500 vagas (gratuito)

Horário de Funcionamento

Das 6h30 até 19h

Entrada até 18 h

Telefone:

(11) 4522-0499

 

2 Comments on “Parque da Cidade-Jundiaí

  1. Pingback: Sugestões de destinos para fazer de carro - Os caminhantes

  2. Pingback: V2 Café e Restaurante - Os caminhantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *