Terra da Garoa

Teatro Municipal

Costumamos escrever sobre nossas saídas, mas navegando pela blogsfera estes dias, percebi que escrevemos muito mais sobre outros lugares do que o lugar onde passamos a maior parte do nosso tempo.

Já comentei e todos sabem que somos uma família normal, com seus empregos normais e rotinas de casa, escola, trabalho e nossa vida não é só viajar o tempo todo.

Não percebemos que também, e principalmente, deveríamos escrever do que conhecemos mais e melhor, que é onde a gente mora.

Vou chamar estes posts (por sugestão da Júlia), de Terra da Garoa, dos lugares que frequentamos, das coisas e lugares que gostamos, que são simplórios ao nosso ver,  mas de repente pode ajudar aqueles que visitam esta cidade sofrida que todos adoramos xingar, reclamar, do trânsito, da poluição, da confusão, das enchentes, da correria, da feiúra, da violência, mas que também literalmente não sabemos viver sem, com tudo o que já foi cantado e versificado, dessa gente trabalhadora, que acolhe não só a gente do Brasil inteiro como do mundo todo, esta cidade multifacetada e multicultural.

Será um belo exercício também, aprender a enxergar , com um novo olhar, o que os olhos já acostumaram a ver e os sentidos a sentir e perceber novas e velhas belezas, ou redescobrir e revisitar até lembranças guardadas no fundo da memória.

Viagens em família, com crianças e adolescentes voltadas principalmente ao Ecoturismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.