Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Chegando ao Parque e visitando as Cachoeiras                     Depois do café da manhã na Pousada, seguimos para o Distrito de Pedra Menina, é só seguir as placas que indicam o caminho para o Parque Nacional do Caparaó. Acertamos a entrada, R$ 17,00 por pessoa, por causa, Read More

  Parte Técnica Nossos links de referência: Tiago Reis, com o seu Rotas Capixabas Um relato do Mochileiros, muito bom, do Rafael Freitas, que me ajudou inclusive através de mensagens via Facebook. E o link oficial do Parque, claro: ICMBio http://www.icmbio.gov.br/parnacaparao/guia-do-visitante.html http://www.icmbio.gov.br/portal/o-que-fazemos/visitacao/ucs-abertas-a-visitacao/201-parque-nacional-do-caparao.html Copiando aqui do site do Parque: …”COMO CHEGAR Para quem sai de, Read More

  Conceição do Mato Dentro Cachoeira do Tabuleiro             Depois de uma noite descansando, (mesmo com o episódio do gatinho), já refeitos, principalmente após o lauto café da manhã da Pousada da Gameleira com frutas, queijo mineiro, pães recheado e integral, pão de queijo, bolos e biscoito de polvilho, tudo feito na Pousada, pelo comando do, Read More

            A Serra do Cipó se localiza 90 quilômetros a nordeste de Belo Horizonte, logo depois da cidade de Lagoa Santa, na região sul da Cordilheira do Espinhaço.             O acesso de automóvel é feito através da rodovia MG-10 em pouco mais de uma hora.             Estivemos duas vezes, a primeira com a  Freeway,, Read More

Machu Picchu Deixamos a cargueira no Hostel e levamos só uma mochilinha de ataque para Machu Picchu. Saímos 5:30 hs para o ponto do bus que nos levaria pela estradinha. Sai um ônibus atrás do outro, é só esperar na fila. Tem muita gente indo a pé, mas de novo, não nos arrependemos de, Read More

O acampamento em Santa Teresa Considerando o estradão do dia anterior, conseguimos, sem muito esforço, convencer o Ogro a pagar o bus para nos levar até a Hidrelétrica, (S/10,00 cada um) economizando assim uma pernada de 14 km e pelo menos 2:30 hs, o que no nosso caso seria certamente umas 4:00 hs, porque, Read More

 Depois do chá de coca na barraca, mesma coisa, guardar os sleepings bags, isolantes, trocar de roupa e desayuno, dessa vez com omelete, salada uma aveia já previamente preparada para misturar com café ou chocolate. Aqui foi o ponto onde nos despedimos do arriero, Alex, e não obrigatório, mas vale a propina-gorjeta, de praxe., Read More

O ponto alto da Trilha- O encontro com a Montanha Selvagem O Alex veio nos acordar com a garrafa térmica de água quente e o folhas de coca. Depois de previamente aquecidos pelo chá, bem importante para que ainda mantivéssemos o calor do sleeping bag, juntamos nossa tralha e descemos para o desayuno, que, Read More