El Chaltén-Dicas para seu Planejamento

 

           O planejamento para El Chaltén é relativamente fácil, pois a cidade é toda estruturada e voltada para o Ecoturismo. Mesmo aqueles que não vêm com intenção de um trekking pesado ou acampamento, chegam aqui buscando caminhadas. Não é a toa que é denominada a Capital Nacional del Trekking.

            Seu planejamento se resumirá em decidir: meio de transporte, hospedagem e seus passeios aqui.

            A cidadezinha também é bem estruturada em restaurantes, panaderias(padarias) e mercados.

 Centro de Informes El Chaltén

Terminal de Ómnibus: Perito Moreno, 28

Tel: (02962) 493370

elchaltén@santacruzpatagonia.gob.ar

            Além do folhetinho que pegamos com todas estas informações, é o terminal de ônibus e você pode encontrar um ATM aqui. Como é bem propagado por aí, é difícil conseguir ATM em El Chaltén. Tenha um pouquinho a mais de dinheiro vivo aqui, não conte somente com o saque.

            Não existem bancos ou casas de câmbio.

            Existem locutórios (cabines telefônicas) e lan houses.

Quando ir

            A melhor época para visitar a cidade e fazer as trilhas é durante a temporada de verão de Novembro a Abril. A altíssima temporada ocorre nos meses de Janeiro e começo de Fevereiro.

 Clima e Temperatura

            As maiores temperaturas ocorrem normalmente em Fevereiro, verão, mínima de 5ºC e máxima de 22º C. Em Agosto, no inverno, fica entre 1/9ºC.

            Índice pluviométrico: 45 mm é a precipitação do mês Novembro, que é o mês mais seco. O mês de Abril é o mês com maior precipitação, apresentando uma média de 91 mm.

            E tem… o famoso vento patagônico, que ocorre mais intensamente no verão.

 Transporte

            O modo mais rápido de chegar e que a grande maioria usa, é descer no Aeroporto de El Calafate, a cidade fica a 220 km de distância, e existem diferentes modos de chegar:

 Ônibus:

-Terminal de ômnibus Local 2

Fone: (02962) 493370

 Translados privados:

Transporte Las Lengas

Todo Calafate 

 Walk Patagônia

         O que nos atendeu prontamente e ofereceu o melhor preço e condições para nós foi o Las Lengas. Como eu sempre digo, aquele que oferece um pronto retorno, ainda que não na velocidade que estamos acostumados, mesmo que a região tenha complicações com o sinal de internet, como pudemos comprovar depois, faz toda a diferença.

            Fizemos o translado de El Calafate até El Chaltén ida e volta, e iríamos visitar um parque lá, mas que acabou não dando certo porque o parque estava fechado para manutenção.

            Pagamos PAR$250,00 para ida e PAR$190,00 a volta por pessoa e o mais interessante e vantajoso neste caso, além do preço, eram as opções de horário e na ida não tivemos que esperar até o horário que estava marcado, ele pegou o nosso grupo e mais um pequeno grupo que chegou no mesmo vôo e partimos assim que descemos do avião e acertamos o translado, adiantando assim a nossa chegada a El Chaltén em cerca de 2 horas.

            Não existem locadoras de veículos.

Hospedagem

             Existem todos os tipos de hospedagens que você quiser: campings, albergues, aparts, cabañas, hosterias, hotéis e pousadas.

            Fiz uma breve pesquisa, para desencargo de consciência, mas como tínhamos indicações do nosso amigo Thiago que viajou conosco e já havia visitado El Chaltén, ficamos no Condor de Los Andes

            O preço consultado pelo site hoje:

TEMPORADA 2014-2015 CAMA
ALBERGUE
CAMA ALBERGUE
SUPERIOR
HABITACION
SINGLE/DOBLE
BAJA
20 de Septiembre al 31 de Octubre
$ 120 $ 150 $ 520
MEDIA
Noviembre, Marzo y Abril
$160 $ 190 $ 590
ALTA
Diciembre, Enero y  Febrero
$ 200 $ 230 $ 660

 

Também fiz cotações com:

-Hosteria Koonek:

Patagonia Hostel

Pudu Lodge

             Para variar, algumas responderam e outras não. As que responderam, eram mais caras que a nossa escolha inicial e não nos arrependemos da escolha.

            É um Hostel, normal como todos os outros, com a cozinha coletiva, os quartos pequenos, mas confortável, pois como todos os hóspedes utilizavam o hostel somente para o café da manhã (que é bem modesto, somente um pão, café, leite, chá e manteigas e geleias) e para dormir. No nosso caso, como pegamos um quarto para quatro pessoas, e mais barato, alugamos as nossas toalhas também.

             Procure por aqui também: booking

 

            Trilhas

             Como eu já falei, a diversão aqui, são as trilhas.

            O que você tem que decidir é se vai fazer as trilhas acampando ou não, se vai no esquema bate e volta e quais os atrativos que quer visitar.

            Coloco abaixo uma tabela que utilizamos para pesquisar e definir o nosso roteiro, com base na distância percorrida, no grau de dificuldade e o tempo que tínhamos para os trekkings. As distâncias são diferentes, mas cito a fonte e coloco abaixo mais uma que tirei do folhetinho que recebi em El Chaltén, no centro de informes da cidade.

            O primeiro, retirei de um folhetinho que recebemos do Pq. Nacional lós Glaciares, depois o Cavallari, do guia do Guilherme Cavallari, no Guia de Trilhas Trekking, da Editora Kalapalo, e o terceiro da minha amiga Carla Nogueira, do Expedição Andando por Aí  .

  El Chaltén km Pernoite horas dificuldade
  Pq. Nacional los Glaciares        
  Chaltén- Lago Torre 12   04:00 fácil
  Chaltén- Lago Capri 6   02:00 fácil
  Chaltén- CP 11   04:00 fácil
  Chaltén- lago de los Tres 13   05:00 difícil
  Chaltén- Chorillo del Salto 4   01:30 muito fácil
  Chaltén- Pilegue Tumbado 11   05:00 médio
  Lago Torre- CP 7   02:00 muito fácil
  Chaltén-Medsen- Mirador del Rio 3   01:30 muito fácil
  CP- Hosteria El Pilar 11   02:00 difícil
  Rio de las Vueltas- Piedra del Fraile 12   05:00 médio
  Chaltén- Glaciar Torre 7   02:00 médio
           
           
  Cavallari        
           
D1 Chaltén a Campamento Poincenot (CP) 8,56 CP 03:00 muito fácil
Opc. D1 CP-Laguna de Los Tres-CP 5,18   04:00 fácil
D2 CP- Piedra del Fraile 12,32 PF 05:00 difícil
Opc. D2 Laguna Piedras Blancas 2,4   01:20 fácil
D3 Piedra del Fraile- CP 15,27 CP 05:00 fácil
D4 CP- Campamento de Agostini (CA) 10,6 CA 03:30 fácil
Opc. D4 CA-Mirador Maestri- CA 5,24 CA 02:30 fácil
D5 CA-El Chaltén 8,89   03:00 fácil
           
  Carla (Expedição Andando por Aí)        
  Roteiro 1        
D1 Calafate-Chaltén-Cabana Austral-Laguna Torres 11 Cabana Austral 03:00  
D2 Cabana Austral-Hosteria El Pilar-Glaciar Piedras Blancas-CP-Laguna de Los Tres-Chaltén 25 Chaltén dia inteiro  
D3 Chaltén- Glacier Huemul 35 Chaltén    
D4 Chaltén-Loma del Piegue Tumblado & Laguna Toro 11 Chaltén 08:00  
     Roteiro 2        
D1 Chaltén a Campamento Poincenot (CP) 9 CP 02:00  
D2- alternativo Glaciar Piedras Blancas- almoço-Lagunas Madre e Hija (Fitz Roy encoberto)   CP 3:00 + 2:00  
D3-alternativo Laguna Sucia (Fitz Roy encoberto)-Chaltén   Chaltén 4:00 + 2:00  
D4-fora do parque Vale do Rio Eletrico-Campamento Piedra del Fraile 18      
D5-fora do parque Laguna Azul e Laguna del Diablo- (Pq. Los Huemules) 20      
D6  Mirador Los Condores     30 min.  

 

O nosso roteiro, que conto detalhadamente nos próximos posts  foi o seguinte:

-D1: Chorillo del Salto- pernoite em El Chaltén

-D2: chegada ao Campamento Poincenot e subida até a Laguna de los Tres-pernoite no Campamento

-D3: visita a Laguna Torre, passando pelas Lagunas Madre e Hija- pernoite no Campamento Poincenot

-D4: saída do Campamento Poincenot e retorno a El Chaltén

          Gostaríamos de ter visitado o Parque Los Huemules, por indicação da minha amiga Carla, do Expedição Andando por Aí , tínhamos combinado o passeio com o Las Lengas, mas infelizmente o parque estava fechado, por isso trocamos o passeio pelo Chorillo del Salto no primeiro dia.

            O passeio para o lado do Lago Eléctrico também abortamos pelo fato da Carla contar que era longe demais, muito sacrifício e não valeria a pena ainda pelo custo.

O Centro de Informações de El Chaltén

O Centro de Informações de El Chaltén

O ATM, em frente ao Centro de Informações

O ATM, em frente ao Centro de Informações

Outras informações

 

Campamento sin Servicios
Poincenot
Laguna Capri
Laguna Torre
Laguna Toro
Punta Norte

 

Campamento com Servicios
Lago del Desierto
Piedra del Fraile
Complejo Ricanor
Lago O’Higgins (Chile)

 

Trekkings

Sendero Al Fitz Roy Distância Tempo ida
Laguna Capri 7 km 1:45 hs
Camp. Poincenot 9,5 km 2:45 hs
Rio Blanco 10 km 3:00 hs
Piedras Blancas 12 km 3:30 hs
Laguna de lós Tres 12,5 km 4:00 hs
Sendero Cerro Torre    
Mirador del Torre 5 km 1:15 hs
Laguna Torre 11km 3:00 hs
Mirador Maestri 13 km 4:00 hs
Otros Senderos    
Mir. De Los Condóres 1 km 0:45 hs
Chorillo del Salto 4 km 1:00 hs
Pliegue Tumbado 12 km 4:00 hs
Laguna Toro 15 km 7:00 hs
Piedra del Fraile (ruta 23) 6 km 2:00 hs
Laguna Madre e Hija 8 km 2:15 hs
Lago del Desierto (Pta Sur)    
Glaciar Huemul 2 km 1:00 h
Punta Norte 14 km 5:00 hs
Punta Norte- Lago O’Higgins 15 km 5:00 hs

 

 

Alguns serviços que utilizamos:

(com preços de 2014, para quatro pessoas)

-Panaderia Que Rika II- na Av. San Martin, nº 91

 Peça as media lunas de lá, fresquinhas, são uma delícia!

 Não lembro a quantidade de media lunas que pegamos mas foram pelo menos 12. Gastamos ARS 80,00.

-Viento Oeste. Av. San Martin, mº 898

Um misto de mercado e loja de lembrancinhas e apetrechos de trekking, bom e barato.

Spa Yaten. Av. San Martin, nº 26

Sim, um momento Diva na vida dos Ogros. ARS 600,00

La Tapera. Av. Antonio Rojo, nº 76

Um restaurante simplesmente delicioso!! Como a própria atendente do Hostel nos indicou, quando perguntávamos: indicações para carne: La Tapera, para massas: La Tapera, para pizzas: La Tapera. Tanto é que depois que experimentamos este, só fomos aqui.

Pagamos ARS 450,00 em uma ocasião e ARS 547,00 em outra visita.  

Ritual del Fuego: Av. San Martin, nº 219

Foi o primeiro restaurante, mas simplesmente não recomendo.

Pagamos ARS 200,00 mas acredito que a conta veio errada.

Bar e Cafeteria La Wafleria: Av. San Martin nº 640

Wafles maravilhosos! Só não comemos todos os dias por falta de tempo.

Pagamos ARS 150,00.

 

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

9 Comments on “El Chaltén-Dicas para seu Planejamento

  1. Querida amiga,
    Fico admirado sempre que leio os seus posts, pela quantidade e qualidade das informações fornecidas.
    Ainda fico bom assim!
    Mais uma viagem de sonho, que (é claro) ainda pretendo fazer. Na ocasião eu vou te pedir ajuda no planejamento ou quem sabe, um dia combinamos uma viagem juntos…as fotos eu garanto!
    Obrigado por compartilhar isto conosco.
    Abraço aos Caminhantes.
    Pompeo

    • Olá Pompeo,
      Imagina, fico sempre sem graça com os seus comentários…
      Acho sempre que o pessoal pensa assim: “Ai não, lá vem aqueles posts chatos…”
      Mas acabo escrevendo tudo o que eu gostaria de ter encontrado junto para planejar a minha viagem, então acabo fazendo desta forma.
      Fomos esta vez, mas escrevendo dá vontade de voltar! Poderíamos combinar uma volta juntos mesmo! E garanto que suas fotos ficariam espetaculares (mais ainda, como se fosse possível) neste cenário lindo!
      Um grande abraço família!!!
      Marcia

    • Parabéns pelas dicas estive em 2011 e pretendemos voltar agora em janeiro de 2017 com uns amigos e estou buscando informações para me atualizar e suas dicas e informações me ajudaram bastante

      • Olá Leandro,
        Obrigada pela leitura e pelo comentário!
        Somos suspeitos, mas El Chaltén é um lugar para voltar sempre!!
        Passe aqui e conte como foi sua viagem depois. Uma ótima viagem para vocês!
        Abraços!
        Marcia

  2. Pingback: Chegando em El Chaltén e Chorillo del Salto | Os caminhantes

  3. Parabéns pelo post! E uma pena que não tem locadora de veículos lá. Pensei em alugar um veículo de manhã e levá-lo até El Calafate, entregando no aeroporto de lá. Sei que sairia mais caro do que ir de ônibus ou de van, mas a ideia é poder parar no meio do caminho para tirar umas fotos. Enfim, terei que me contentar com o busão mesmo (ou a van).

    • Olá Cláudio,
      Obrigada pela leitura e pelo comentário.
      Até março do ano passado, quando estivemos lá não havia, mas provavelmente não existe ainda.
      Realmente de carro fica mais caro mesmo, mas dependendo, se você estiver com um grupo de amigos, ou se os ocupantes da van forem mais tranquilos, pode pedir para parar para tirar umas fotos. O pessoal da nossa van fez umas duas paradas onde davam as fotos clássicas, para aproveitarmos.
      Uma boa viagem e conte-nos depois como foi!!
      Abraços!
      Marcia

  4. Fico olhando as postagens em geral e estou me organizando para ir. A única coisa que não tenho visto são os preços das refeições… :/

    • Olá Juliana,
      Obrigada pela leitura e pelo comentário.
      Atualizei o post com os preços que pagamos na época (em março de 2014). Os preços que pagamos foram para 04 pessoas. Mas não achamos caro na época…Se você pegar uma refeição que pagamos em média ARS 500,00, dividindo por quatro pessoas, daria hoje algo em torno de R$ 25,00~R$ 30,00 por pessoa, algo bem razoável.
      Isso num restaurante bom, como o La Tapera.
      Um abraço e conte depois como foi sua viagem!
      Marcia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *