Chapada Diamantina-Mucugê

 

            A cidade é tombada como Patrimônio Nacional pelo Instituto Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e foi construída na margem da Serra do Sincorá.

            Visitamos aqui:

Cemitério Bizantino

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

     Parece meio bizarro, mas a primeira atração que todos lembram nessa cidade. Ele chama atenção porque fica logo na entrada da cidade e os jazigos, todas pintadas de branco, se contrastam com a cor da montanha de rochas logo atrás e têm o estilo neogótico.

 Parque Sempre Viva

Parque Sempre Viva

Parque Sempre Viva

Localizado no Parque Municipal de Mucugê, foi criado para proteger uma espécie de Sempre-Viva, planta herbácea ameaçada de extinção. Um dos destaques do parque está na exposição dessas flores. O museu foi construído preservando as formações rochosas existentes, o que dá um aspecto diferente ao lugar.

Museu do Garimpo

Museu do Garimpo

         Fica aberto das 8:00 às 17:00 hs e ainda podemos dar um mergulho no rio Cumbuca e na Cachoeira do Tiburtino, logo atrás e também o Museu Vivo do Garimpo e também uma reprodução de como eram os ranchos dos garimpeiros, com o tipo de “cama” que eles utilizavam e os utensílios para cozinhar.

         Hospedagem: Ficamos na Pousada Mucugê, somente uma noite, mas me lembro muito bem do farto café da manhã e da piscina que o Ogro fez questão de pular, mesmo às 6:30 hs da manhã.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *