Vila Velha- Espírito Santo

           

       Saímos de Venda Nova do Imigrante  e nosso destino final seria Guarapari, mas antes passamos por Vila Velha para visitar dois destinos:

      O famoso Convento da Penha, que eu já tinha conhecido cerca de 25 anos atrás, (credo!) sozinha e lógico a Fábrica de Chocolates Garoto.

        

    O Convento acredito ser o ponto turístico mais visitado e lembrado quando se fala  no Espírito Santo. Vou deixar os detalhes históricos e a descrição com o nosso anfitrião nesta viagem, o Tiago Reis, dos Rotas Capixabas que explica neste post  todos os detalhes, com horários de funcionamento, acesso e tudo o mais para a sua visita. Vou deixar só as nossas impressões sobre o lugar:

            A subida pela ladeira de paralelepípedo, no meio daquele verde todo parece ser uma separação entre dois mundos…pode ser feito de carro, não precisa pagar penitência, como diz o Tiago Reis.

            A vista é muito bonita, o vento lá em cima (sempre me lembro disso, quando me refiro ao lugar) é muito forte, do jeito que eu gosto. Lembro bem que na minha primeira visita, o que mais me impressionou foi a própria construção, os detalhes, a grossura das paredes e os detalhes do altar.

            Desta vez (não me lembro se vi da primeira vez) a Sala dos Milagres (gente, não sei se era mesmo esse o nome) me impressionou um pouquinho… me senti mal vendo tudo aquilo e tive que sair rapidinho dali.

            Mas no restante, mesmo que você não seja católico ou não queira ver os detalhes arquitetônicos, garanto que a vista é imperdível e inesquecível. Vale sim, a visita.

        Nossa próxima parada foi a Fábrica de Chocolates Garoto. Comilões que somos, não poderíamos deixar de visitar.

            Deixo só uma dica boba aqui, mas pastei para conseguir moedas para estacionar em frente à Fábrica. Nós sempre com o mesmo problema, nunca carregamos moedas… Tentei TODOS os vendedores ambulantes, todas as lojinhas, comprei até coxinha do Zé Coxinha, (só mudando o assunto um pouquinho, é uma franquia local onde você compra coxinhas no copinho, pagando R$1,00 por 15 coxinhas, R$2,00 por 30 e assim vai) mas recebi o troco em cédulas… não tive escolha, fui até a agência do banco que temos conta, na boca do caixa e saquei R$ 10,00 em moedas variadas… olha que situação ridícula!

as coxinhas no copinho

as coxinhas no copinho

           

    Novamente, o Tiago Reis coloca aqui todas as informações sobre o lugar e a visita à Fábrica.

            É verdade, o preço não tem muita diferença dos mercados mas têm produtos diferenciados sim. Mas o principal, é o frescor dos produtos. Tudo acabou de sair fresquinho, então o sabor é outro.

            Compramos “por quilo”, alguns chocolates para matar a saudade na hora: Alô Doçura, Nougat, Opereta. Algumas coisinhas que só achamos aqui: biscoitos de Serenata do Amor, embalagens de presente de mini Talento e o que achamos mais bacana: a cada R$ 100,00 em compras, você “monta” o seu Talento, podendo escolher entre algumas opções:

-Sabores do Brasil: banana passa, castanha do caju/Pará, coco ralado

-Sabores Tradicionais: amendoim, canela em pó, flocos de cereais

-Sabores personalizados: avelã/amêndoas, flor de sal, linhaça dourada

           

          Montamos um com amêndoas, canela em pó e flor de sal, que muito modéstia à parte, ficou bem gostoso. Também indicamos a visita e bem que a idéia poderia pegar, ficamos com vontade de testar mais combinações.

            Depois dessa manhã e tarde, seguimos para Guarapari, nosso próximo post.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *