Parque Estadual da Pedra Azul

 

Portaria do Parque

Portaria do Parque

Referências:

http://www.pedraazul.com.br/user/?id=28

http://www.rotascapixabas.com/2010/08/08/o-parque-estadual-da-pedra-azul/#more-299

http://www.pedraazuldoarace.com.br/index.php/parque-estadual-de-pedra-azul

http://www.pedraazul.com.br/main/index.php

          O Parque Estadual da Pedra Azul está localizado nos municípios de Domingos Martins e Vargem Alta. Abrange as localidades de Pedra Azul, São Sebastião do Aracê e São Paulo do Aracê.

Principais distâncias:

-Domingos Martins: 46 km

-Venda Nova do Imigrante: 12 km

-Vitória: 90 km

-Cachoeira do Itapemirim: 65 km

Agendamento
Todo passeio deverá ser agendado com antecedência de pelo menos 24 horas (1 dia), e deverá ser sempre acompanhado por um guarda-parque do IEMA.  

Telefone para agendamento: (27) 3248-1156
e-mail: pepaz@iema.es.gov.br
Horário de funcionamento
O horário de funcionamento (para agendamento) é de 8:00h as 17:00h, de segunda a sexta.

Horário de Passeio nas trilhas
O horário para passeio nas trilhas é de 8h às 15h30. Para realização da trilha completa, passando por todos os atrativos, a saída na parte da manhã é até 9h30 e a saída na parte da tarde até às 13h30.

Tamanho máximo dos grupos
O passeio pode ser feito por grupos de no máximo 15 pessoas.

 

Centro de Visitantes

Centro de Visitantes

            Existe um Centro de Visitantes com banheiros, bebedouros e uma pequena coleção de fauna e flora local. Não há opções de hospedagem ou alimentação dentro do Parque, mas a estrutura em torno do Parque, tanto em Venda Nova do Imigrante quanto na Rota do Lagarto contempla esses serviços tranquilamente.

Aqui a segunda portaria

Aqui a segunda portaria

O Centro de Visitantes fica a cerca de 800 m da entrada principal, então NÃO faça como a gente, que ficamos um tempão parados na primeira portaria, esperando aparecer alguém para nos recepcionar para agendar o passeio para o dia seguinte, até que outros turistas passaram por nós e avisaram que só tinha gente lá em cima, no Centro de Visitantes. Fica uma sugestão aqui, para o Parque de deixar um aviso para que os visitantes cheguem até o Centro, meio óbvio eu sei, mas não tem como o visitante que chega pela primeira vez adivinhar…

    Trilhas

  • Trilha do Cedro Sentado: um percurso pequeno, pelo que eu li, 600 metros, onde os visitantes chegam até o mirante da Pedra Azul, passando por uma árvore de cedro rosa, mas estava fechada para plano de manejo.
  • Trilha da Pedra Azul: com 945 metros.
  • Trilha do Lagarto: com 480 metros, cerca de 1 hora para ser percorrida e dizem que pode ser observado de longe, o Parque Estadual de Forno Grande.
  • Trilha das Piscinas: aproximadamente1,2 km que chegam à piscinas naturais escavadas na rocha e no meio do caminho existe uma pequena escalada, feita com auxílio de cordas, mas é bem tranquilo. Pode ser feita  em cerca de 3 horas.

 

As piscinas

As piscinas

            Optamos por fazer a Trilha das Piscinas Naturais.Começamos por volta das 9:40 hs e a primeira parada foi no Mirante, onde a guia Michele disse da possibilidade de se avistar o Pico da Bandeira até.

o trecho de cordas

o trecho de cordas

Continuamos a trilha, com direito a paradas para explicação da fauna e flora local, passamos pela pequena escalada, chegamos às piscinas, onde o Ogro não poderia deixar de entrar e terminamos por volta das 12:00 h, cerca então de 2:30 hs de caminhada, bem tranquila.

           

Na saída do passeio, passamos também num pedacinho bem pequeno de rodovia seguindo depois da entrada para o Parque, conhecida como Rota do Lagarto, que tiramos a informação daqui, um caminho bem simpático, cheio de Pousadas gracinha, como a Peterle, a Tre Fiori e os restaurante Alecrim, que o Tiago Reis conta aqui  mais o Don Lorenzoni e o Valsugana, que até pensamos em almoçar, onde uma moça gentil que fez a trilha com a gente tentou até agendar, mas só abriam para o jantar e o visual da Pedra Azul como pano de fundo, chato, né?

A Rota termina na ES 164, mas também voltamos do meio do caminho.

            Não posso deixar de citar que uma grande parte dos atrativos descritos aqui, o Tiago Reis já catalogou e visitou tudo, passa lá para dar uma olhada: http://www.rotascapixabas.com/category/montanhas-capixabas/

   Na volta almoçamos no Restaurante Passos, self service, bem decente, perto do centrinho de Pedra Azul, que conta com um pequeno comércio, com farmácia, posto de gasolina, supermercado e padaria.

            Tentamos achar o Parque Estadual do Forno Grande, mas acabamos nos perdendo (para variar) e desistimos.

            Dia seguinte, partimos para Guarapari, antes passando novamente por Vila Velha, mas esse é o próximo post…

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

2 Comments on “Parque Estadual da Pedra Azul

  1. Mais um local que ainda não conheço “ao vivo”, mas pela postagem deu para conhecer virtualmente. O difícil é conseguir visitar tantos destinos fantásticos como os que vcs publicam aqui…rsrsrsrs.
    E este tem até um orquidário! Minha esposa vai ter um treco…
    Parabéns novamente pela bela viagem e pela postagem.
    Abraços a todos.
    Pompeo

    • Olá Pompeo!!
      Obrigada pela visita e pelo comentário (e pela propaganda, hehehe)
      O Parque é bonito sim, vale a visita, mas te digo que o orquidário, para quem é um “orquidoido” como o proprietário disse, é algo impressionante!
      Um grande abraço para a família também!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *