Embu das Artes- São Paulo

Pertinho de São Paulo, cerca de 30 km do centro, pegando a Régis Bittencourt.
Um dos nossos locais preferidos de “bater perna” no final de semana, quando estamos procurando novas “idéias” de decoração, de artesanato, de móveis rústicos, ou sem desculpa nenhuma mesmo, só para passear.
A feira toma conta do centro da cidade, nos finais de semana, e quanto mais cedo você chegar, é mais tranquilo achar vaga nos estacionamentos. Aqui, quanto mais perto do centro, mais caro, cerca de R$ 15,00 por carro, mas com o período livre. Mais perto, você paga R$ 20,00.
Gostamos de “ver” os móveis rústicos logo na entrada da cidade, na Av. Elias Yazbec. Costumamos entrar em quase todas as lojas, e esta bateção de perna nos rendeu nosso armário da cozinha, na época. Só para você ter idéia, cotamos armários normais, com as medidas certinhas em marcenaria.
                      O de Embu custou 4 vezes menos e continua firme e forte.
No centrinho, ver todas as barraquinhas com bijouterias, prata, antiguidades, a parte dos quadros, que infelizmente está diminuindo, tapetes artesanais, almofadas, bonequinhas de pano, bolsas, etc, etc, etc…
Ande sem pressa pelas ruas do centro e cada vielinha que você entrar, vai se deparar com lojas e mais lojas, repletas de tudo o que eu falei e mais uma infinidade de restaurantes, bistrôs, galerias de arte, antiquários, dá para passar o dia sem perceber.
Só prepare um sapato baixo,confortável, pois você vai enfrentar ladeiras também com paralelepípedos, e o seu salto não vai dar muito certo.
Engenho Velho
Uma das nossas lojas preferidas, é o Engenho Velho, com uma quantidade enorme de produtos de decoração e a loja é uma graça, você entra e acha que é só aquela parte da frente, e vai descendo e descobrindo cada cantinho inusitado, que dá vontade de comprar tudo o que você vê pela frente!  Não é merchandising não, vale a visita.
dentro do Engenho Velho
Pesquisei o site da  cidade de Embu e existem mais atrações que nós mesmo não conhecíamos…
Desta vez visitamos o Museu de Arte Sacra, que fica no interior da igreja N. Sra. Do Rosário, de 1690, pela primeira vez, e além de todo o acervo, com os santos de roca- imagens articuladas de madeira produzidas entre os séculos 17 e 19, enfeitadas com cabelo humano e acessórios sacros e um órgão do século 18, feito pelos índios e o altar mor folheado a ouro, o que mais nos chamou a atenção foi o pátio interno, que não se tem idéia do lado de fora.
mais uma loja
Almoçamos no Trago Viola Bar, comida simples, nada de muito extraordinário, mas  farta, onde uma porção para dois foi bem suficiente para nós três.
Nunca almoçamos, mas um dos restaurantes mais famosos é O Garimpo, e o site também indica  outros restaurantes.
Uma loja com vários tipos de fontes
Um lugar que marcou nossa história e costumávamos visitar sempre, principalmente nessa época de virada de estação, que  a Júlia “gripava”, a desculpa era buscar mel, então esticávamos nossa visita à cidade, até a Cidade das Abelhas/, que é um lugar bem legal para visitar com as crianças, com várias atrações, como  Museu Apícola,Colméia Gigante, Casa do Apicultor ,Abelha Gigante ,Enxame com paredes de vidro e o Apiário. Vi no site também que agora existe uma loja virtual, e também um “arbelhismo”, variante do arvorismo, que a Júlia não chegou a pegar pequenininha, mas na certa teria adorado na idade dela!
O ingresso custa R$ 18,00. Para chegar, continue na Estrada da Ressaca, a partir do Estádio Municipal de Embu, no Km 7.
 Um passeio pertinho de São Paulo, de novo, (lá vem meu clichê de novo…), fugir do passeio shopping- cinema no final de semana, e você voltar carregado de idéias culturais, artesanais, decorativas e gastronômicas.
Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

7 Comments on “Embu das Artes- São Paulo

  1. Boa Noite Amigos,
    Sempre ouvi falar do Embú, mas não tinha idéia de como era.Parece muito com Pedreira, uma pequena cidade proximo a Campinas e famosa pelas industrias de ceramica, mas também com lojas de artesanato.
    Gostei das informações fornecidas e este é mais um destino para breve.
    Abraço a todos.
    Pompeo

    • Olá Pompeo!
      Visitamos já Pedreira também, e minha porção dona de casa quase enlouqueceu com as cerâmicas e o artesanato também!
      Acho que vocês gostariam de Embu também.
      Um grande abraço!
      Marcia

  2. Amigos estou passando aqui pra dizer que estou acompanhando suas aventuras, lugar muito interessante, principalmente o Museu de Arte Sacra que vocês relataram.
    Quem sabe um dia apareço ai em SP pra podermos combina alguns passeios.

    Abraços.

    • Olá amigos!
      Obrigada pelo acompanhamento e pela leitura também!
      Se vcs vierem a SP, ficaremos muito felizes em retribuir a hospitalidade de vocês em Piraí do Sul!
      Abraços!
      Marcia

  3. Amo!! Vou 1000 vezes e sempre me encantarei com algum detalhe desse lugarzinho maravilhoso.

    Parabéns pelo Blog!

    Cristiane S.

    • Olá Cristiane!
      Obrigada pela leitura e pelo comentário!!
      Também adoramos este lugar, vistio desde criança e acho que nunca vou me cansar !
      Um grande abraço!
      Marcia

  4. Pingback: Buenso Aires- O Centro e San Telmo | Os caminhantes

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *