#shortpost

Encontramos essa pastelaria/lanchonete meio que por acaso numa das nossas passadas pelo centro de São Paulo. 

Foi nossa primeira saída pós confinamento COVID 19, tirando o mercado e o trabalho, saindo em locais públicos. 

Passamos primeiro pela Galeria do Rock, que estava com “protocolos’ com medição de temperatura pelos seguranças e álcool gel espalhados nos tótens. Não estava muito cheio, mas digo que não estava tão vazio assim….tentávamos nos afastar de lojas muito cheias ou dos grupos grandes de pessoas.  Read More

#shortpost

Dia 11

Dia 17/09- 5º dia em Banff

A última informação é que o local encontra-se fechado, por conta da pandemia. 

Cheque antes de programar a sua visita

Um dos passeios mais comentados da cidade de Banff e normalmente as pessoas visitam o combo Cave & Basin e mais este Upper Hot Springs. 

Eu recomendo fortemente que você reserve Cave & Basin para uma visita mais tranquila, usufruindo de todo o complexo com mais calma. 

A temperatura da água fica entre 37 e 40 º C, então mesmo no frio é uma delícia e reconfortante.  Read More

#crônicas

Hoje comentei com um velho amigo (acho que é um dos amigos mais antigos que tenho e nos reencontramos este ano, depois de muitos “quase” encontros pela vida) da minha grande sensação de fracasso… ou daquela sensação de “poderia ter feito mais”… ou pior ainda… “poderia ter feito melhor” que é a pior das sensações… daí pensei em compartilhar mais uma das síndromes que rondam a que vos fala  por aqui…

A síndrome do impostor seria “”uma crença interior de que você não é bom o suficiente, ou não pertence”. “As vítimas da síndrome são pessoas que jamais creditam seu sucesso à inteligência, competência ou habilidade pessoal. “Elas se convencem de que os elogios e reconhecimento de outros em relação à sua conquista não são merecidos, atribuindo suas realizações à sorte, a algum encanto repentino, contatos ou outros fatores externos”, explica a psicóloga americana Valerie Young, autora do livro “Os pensamentos secretos das mulheres de sucesso”. Soma-se a isso a sensação de que, a qualquer momento, a sua incompetência será descoberta. Pronto, está aí o pacote completo para a identificação da baixa autoestima profissional. “Não importa o que tenha realizado ou o que as pessoas pensam, no fundo, você está convencido de que é um impostor, uma farsa, uma fraude”. Este resuminho eu tirei daqui ó Read More

Depois do confinamento imposto pelo COVID 19 , pra nós e para o mundo todo, claro, fomos praticar o primeiro desconfinamento depois de 6 meses em casa, testando um dos cines drive in aqui de São Paulo

Nossa rotina incrível resume-se atualmente a ir trabalhar todos os dias (eu) e o máximo que João e Júlia conseguem sair é para ir o mercado. 

Nosso lazer, que já era bastante restrito , ficou mais ainda restrito. Zero seria o número mais próximo do real atualmente. Bom… chega da sessão de lamúrias. 

Uma prática comum, iniciada nos Estados Unidos em 1933, que se popularizou mesmo nas décadas de 50~60. A coisa pegou mesmo aqui no Brasil, quase 10 anos depois, em torno de 1968, mas logo caíram no esquecimento. 

Claro que víamos cenas de filmes dessas épocas com as pessoas nos carros e com os baldes de pipoca, as roupas da época, aquele glamour todo e remetemos a  toda aquela atmosfera assistindo ao filme. #imaginação Read More

Depois de três incursões pela Chapada dos Veadeiros, a primeira em 1997, ainda solteiros visitamos a parte mais clássica, a vila de São Jorge, o Parque Nacional e Alto Paraíso de Goiás. 

Depois em 2009 para apresentar para a Júlia, visitamos outros atrativos que não conhecíamos, como a Catarata dos Couros e o Complexo dos Macaquinhos. Mas nos concentramos novamente nas duas localidades citadas acima. 

Em 2019, voltamos com família e amigos, no Carnaval e nos fixamos em Cavalcante. Mas foi tão conturbado, tão corrido, tão estressante, que só deixou um gostinho de “quero mais”. Voltar na calma, só nós três (agora quatro)….

Voltaríamos em abril de 2020,(#SQN-a pandemia Covid 19 nos fez adiar esta viagem para quando tudo passar) …. Read More

Bora lá, para mais uma retrospectiva, do mês que é quase um ano.

Mas a essa altura do campeonato, para mim e para você, parece que não vivemos um calendário normal desde que começou a pandemia.

Sentida por nós, aqui no Brasil, de fato a partir de março.

Já contei em outros posts e dos meses anteriores como temos vivido por aqui. 

Dessa vez, vou “falar” mais pelo Podcast, que resolvi retomar, afinal, a vida tem que seguir o seu curso normal, né… falo dos Podcasts mais prá frente. Aqui neste post, deixo os links do que falo para facilitar, caso você queira saber mais detalhes.  Read More

Este lugar, só citado na maioria dos blogs e nas fontes de pesquisas que fizemos para o nosso planejamento de viagem, foi uma grata surpresa e nos impressionou demais!!

Na nossa opinião, um dos passeios obrigatórios para quem estiver em Banff. 

Dia 10

Dia 16/09- 4º dia em Banff

Domingo

Passamos quase o dia inteiro. Pensamos que fosse só uma partezinha da caverna, onde começou toda a história de Banff, mas não!!!!!

É um complexo gigante!!! 

Tem museus, tem a parte natural, onde você vê a caverna, onde antigamente era a “piscina”, onde fica a fonte termal em si não pode mais se banhar. 

Aí você sobe uma trilha,vê as ruínas, onde ficava o primeiro hotel, depois mais para cima você vê a fonte mesmo nascendo, lá em cima. 

Na parte de baixo, tem a parte do museu e tem uma outra caminhada bem legal. T.U.D.O por essas bandas acaba virando uma trilha, com flora e fauna totalmente diferente, específica e local por conta das águas quentes da nascente lá em cima. Read More

Dia 09- 3º dia em Banff 

Visita às atrações perto da cidade de Banff: Hoodos, Johnson Lake, Two Jack Lake e Minnewanka Lake.

Visitamos vários lagos neste dia.  

Estava bem frio, mas visitamos todas as atrações mesmo com todo o frio. 

Os locais visitados são bem fáceis de chegar de carro e é um clássico. Eles chamam a visita aos lagos Two Jack Lake, Minnewanka e Johnson Lake, de Minnewanka Loop.

Veja o mapa aqui

Nós fizemos bem rapidinho por causa do frio. Mas se você pegar um dia mais quentinho, uma ótima pedida é sair com sua cesta de pic nic completinha e ir parando devagar em cada ponto. Read More